A ELEIÇÃO DO FAKE NEWS

 

downloadAs mentiras são tantas e de tantos níveis diferentes de qualidade, que quem acredita até muda o voto. É o vale tudo pelo poder! São tantas mentiras, que muitas vezes as pessoas duvidam de uma verdade.
E quem mais reclama, fazendo vitimismo, se dizendo fortemente lesado pelo Fake News, é justamente quem mais pratica a calúnia.
Eis que o judiciário, preocupado com tanta desinformação, através do TSE propôs um acordo entre os partidos políticos, com o compromisso de NÃO disseminação de falsas notícias, principalmente as invenções com a finalidade atacar os candidatos. Foram 35 partidos que assinaram o acordo. Aí o PT e outros 3 partidos aliados SE RECUSARAM a assinar o acordo.
Ou seja, se não for pra mentir, não tem negócio. Sem a mentira, o PT não existe, e com esta atitude ele confirma isso.
Nas últimas horas os principais jornais noticiaram a falha do TSE no combate ao Fake News. A Folha fala do Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições, criado em dezembro de 2017 pelo TSE, e composto por integrantes da Justiça, do governo federal, do Exército e da sociedade, e que se reuniu até agora por 7 vezes, para discutir ações. A promessa de regulamentação do assunto, ainda não saiu do papel.
Já o Estadão publicou matéria dizendo que o Conselho jamais se reuniu. Ou seja, até aqui divergem.
Porém, o mesmo PT que se recusa a assumir o compromisso de não usar Fake News, também é motivo de notícia nos jornais, ao ingressar com ação no TSE para retirar fake news contra Haddad.
Mas será que é Fake mesmo o que se diz sobre Haddad. Pelo menos podemos concluir que ele é realmente anti democrático. Não somente pelas suas falas, mas também pelo plano de governo, que está à disposição das pessoas no site do PT.
Uma coisa é preciso ser dita: há uma enorme diferença entre Liberdade de Expressão e Manipulação da Informação.
Liberdade de Expressão é o direito comum a qualquer pessoa, sem exceção, de dizer o que pensa. Qualquer um pode falar em voz alta, escrever, publicar, que “acha” que o comunismo é bom, por exemplo. A afirmação não precisa ser verdadeira. Mesmo que não seja verdade, é a expressão da opinião de alguém.
Manipulação da Informação, é um desserviço que leva as pessoas a cometerem erros, às vezes erros gravíssimos. A desinformação ou informação errada, pode, em casos mais extremos, levar à morte de alguém. Isso até já aconteceu muitas vezes. No nosso caso, eleições, a desinformação é o Fake News, que não precisa obrigatoriamente ser um ataque a um candidato, mas também a falsa informação que um outro candidato já fez uma lista de coisas boas, o que não é verdade. Isto induz o eleitor ao erro.
Entre os mais recentes Fake News está a notícia que Bolsonaro irá acabar com o Salário Mínimo. Entre as mais antigas está a mentira de que Lula pagou a dívida do Brasil, e que tirou o país do mapa da fome, tudo isso fortemente desmentido.
Airton Alvares, São Paulo, SP, 06/10/2018.

Comentários via Facebook

Posts relacionados

Comentários via Alfa Blog

Receber notificações de:
avatar
wpDiscuz